Oração contra a futilidade

Jamil Salloum Jr.

Senhor,

Fazei com que os fúteis entendam que o conhecimento é mais importante que o penteado e a maquiagem;

Que uma visita à biblioteca é mais vital do que uma visita ao salão de beleza;

Que existe vida além das festas e coquetéis;

Que em um mundo em destruição, a destruição do mundo exige mais atenção do que a “última moda”;

Fazei-os entender, Senhor, que a grife mais importante não é a de roupas ou jóias, mas a do cérebro, e que só a ignorância é cafona;

Que os fúteis vejam, oh Senhor, que a vida é breve e que a morte apaga e leva tudo, menos o que fizemos em prol da educação da sociedade;

Senhor, perdoe-os por não ver que o livro vale mais que a estola; que a caneta é mais chique que o batom; e que educar uma criança é mais importante do que alimentar um poodle;

Oh, Pai, que os fúteis troquem, por um momento, as viagens a Paris, ao Caribe e ao Taiti, por visitas à Etiópia, à Índia e à Somália;

Que ao spa acrescentem uma estadia na sala de aula; que além da academia, freqüentem a Academia;

Que compreendam que a verdadeira beneficência é feita em silêncio e não sob holofotes;

Que vejam que do “jet set” nunca veio nada de importante para o mundo, ao contrário dos círculos que reúnem pensadores, pesquisadores, cientistas etc.

E que, por fim, os fúteis do mundo, Senhor, deixem um dia de ser fúteis e abram os olhos para a Luz do Conhecimento, que mata valores e faz nascer novos em seu lugar.

Amém!

———-

Para ler outros textos deste autor acesse PÁGINAS > JAMIL SALLOUM JR.

%d blogueiros gostam disto: