Projeção de inflação oficial sobe pela 11ª vez consecutiva

Brasília – A projeção de analistas de mercado para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) subiu de 5,48% para 5,55% neste ano. Essa é a 11ª elevação consecutiva da projeção, segundo o boletim Focus, publicação semanal do Banco Central, elaborada com base em consulta a analistas de mercado sobre os principais indicadores da economia.

A meta de inflação para este ano é de 4,5% com margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O IPCA é o índice usado pelo Conselho Monetário Nacional para fixar a meta de inflação.

A projeção de inflação no mercado paulista, em alta há dez semanas, ficou em 5,50% para este ano. A estimativa anterior para o Índice de Preços ao Consumidor, medido pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (IPC-Fipe) da Universidade de São Paulo (USP), era de 4,99%.

A projeção para os preços administrados foi mantida em 3,70%. Esse indicador diz respeito aos valores cobrados por serviços monitorados (combustíveis, energia elétrica, telefonia, medicamentos, água, educação, saneamento, transporte urbano coletivo e outros). Em 2009, a expectativa dos analistas ficou estável, em 4,50%.

No mercado atacadista em 2008, expectativa dos analistas também é de alta. A estimativa para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) passou de 8,92% para 9,01%. Para o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) a projeção subiu de 8,70% para 8,73%.

Em 12 meses, a projeção para o IPCA subiu 0,2 ponto percentual e ficou em 4,81%. Para o IGP-DI, a expecatativa caiu de 6,53% para 6,26%. No caso do IGP-M, a redução foi de 5,81% para 5,73%. A projeção para o IPC-Fipe ficou em 4,54%, contra 4,38% previstos na semana anterior.

———-

Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: