Salvador apresenta a maior elevação do IPCA especial entre as capitais

Rio de Janeiro – A região metropolitana de Salvador, uma das 11 áreas envolvidas na pesquisa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Especial (IPCA-E), foi a que apresentou maior elevação e a que mais influiu na alta acumulada de janeiro a junho para o total do país: 8,62%.

Na capital baiana, a variação no primeiro semestre chegou a 11,62%, com a alta de 1,75% verificada em junho. Em seguida veio Recife, com alta acumulada no semestre de 11,34% e variação em junho de 1,76%. Belém teve a terceira maior alta acumulada:, com 10,21% em seis meses e o índice mensal ficou em 0,30%.

Em Belo Horizonte, a taxa semestral foi de 8,72% (2,25% em junho); no Rio de Janeiro o acumulado ficou m 8% (mensal de 1,75%); e em São Paulo a variação de janeiro a junho foi de 7,46% (2,8% em junho).

No caso de São Paulo, a maior região metropolitana do país, o IPCA-E acumulado foi o menor do Brasil e chegou a ficar 1,16 ponto percentual abaixo dos 8,62% da média das onze principais regiões do país.

———-

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: