Farc perdem trunfo, avalia ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil na Colômbia

Brasília (ABr) – O resgate de 15 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), entre eles a ex-candidata à Presidência da Colômbia Ingrid Betancourt, faz com que as Farc percam um trunfo, segundo o o ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil na Colômbia, Alan Sellos. “Alguns dos seqüestrados mais importantes que estavam em suas mãos [das Farc]”, assinalou ele.

Em entrevista à Agência Brasil, Sellos disse que o sucesso da ação militar mostra que “a estratégia do governo [Álvaro] Uribe de combate às Farc tem sido bem-sucedida”. Ele destacou ainda que o enfraquecimento da guerrilha não é algo novo, o que se vê pelas recentes baixas no alto comando do secretariado das Farc e pela deserção “de quantidades expressivas de guerrilheiros”.

“Evidentemente esse é um golpe muito duro, porque revela esse debilitamento. É mais um sintoma do enfraquecimento que já está ocorredo há tempo”, afirmou Sellos.

Na opinião do ministro-conselheiro, o resgate fortalece o governo colombiano, que, de acordo com ele, já tem um apoio expressivo da população, com índices altos de popularidade, acima dos 80%. “O povo colombiano apóia e sempre apoiou as ações do governo Uribe de combate às Farc”. Na sua avaliação, a posição colombiana também deve se fortalecer no cenário latino-americano.

Anúncios

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: