Aprovado projeto que concede anistia post mortem ao líder da Revolta da Chibata

O Plenário aprovou nesta quarta-feira (2) emenda da Câmara ao projeto de lei do Senado (PLS 45/01) que concede anistia post mortem a João Cândido Felisberto, líder da Revolta da Chibata, e aos demais participantes do movimento. De autoria da senadora Marina Silva (PT-AC), a matéria será encaminhada à sanção presidencial.

A Revolta da Chibata ocorreu durante o governo de Hermes da Fonseca, em 1910. Foi um levante de cunho social, realizado em subdivisões da Marinha sediadas no Rio de Janeiro. O objetivo era pôr fim às punições físicas a que eram submetidos os marinheiros, como as chicotadas e o aprisionamento em celas destinadas ao isolamento.

João Cândido Felisberto ficou conhecido como “o Almirante Negro” e foi celebrado na canção Mestre Sala dos Mares, de João Bosco e Aldir Blanc.

Paulo Sérgio Vasco / Agência Senado

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: