Pane na Telefônica afeta atendimento nos serviços público e privado de São Paulo

São Paulo (ABr/CJbb) – Uma pane no sistema de transmissão de dados e acesso à internet da empresa de telefonia Telefônica causou problemas em vários órgãos públicos, bancos, empresas particulares e residências em todo o estado de São Paulo.

Quem tentou, por exemplo, obter uma carteira de identidade em algum dos quatro postos do Poupatempo (postos de atendimento que oferecem à população mais de 400 serviços públicos diferentes) na capital ou nas cidades de Ribeirão Preto, Campinas, Bauru e São José dos Campos, não pôde ser atendido.

Ainda não há previsão de quando o problema será solucionado. A Telefônica orienta à população que ligue na central de atendimento 0800 772 3633 antes de procurar pessoalmente alguns dos postos de atendimento.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, as delegacias de polícia de todo o estado registraram problemas desde a noite à ontem (2), o que impediu o registro de boletins de ocorrência.

A pane também afetou 170 das 900 lotéricas da capital, cujos sistemas estão fora do ar ou intermitente desde à noite de ontem.

Para solucionar o problema, a Caixa contratou uma empresa para fazer a transmissão de dados até que o problema com a rede seja resolvido pela Telefônica.

Segundo a assessoria de imprensa da Caixa, a pane não afetou nenhuma agência ou terminais de auto-atendimento da capital.

As 178 agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em todo o estado também registraram problemas, o que dificultou o atendimento de pessoas que buscavam uma simples informação ou que passariam por uma perícia médica. Só na capital, são atendidas diariamente de mil a 1.200 pessoas.

Já a Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), responsável pela rede de comunicação do governo, informou que a rede encontra-se indisponível em cerca de 50% de seus links de acesso.

Em nota, a Prodesp reclama ter solicitado uma posição oficial da Telefônica sobre a solução do problema, o que ainda não ocorreu.

Na tarde de hoje, a Fundação Procon – de defesa do consumidor – notificou a empresa Telefônica pedindo esclarecimentos sobre a pane no sistema que prejudicou inclusive o próprio órgão, que na capital presta atendimento nos postos do Poupatempo.

A Telefônica tem 24 horas para fornecer os esclarecimentos e informar como pretende ressarcir ou indenizar o consumidor que tenha sido prejudicado pela pane.

Em nota, a Telefônica informou que desde a tarde de ontem “uma ocorrência técnica em alguns equipamentos está afetando parcialmente sua rede de transmissão de dados”, que atende a grandes empresas privadas e órgãos da administração pública nos âmbitos federal, estadual e municipal.

A empresa informou ainda que uma equipe de engenheiros e técnicos está trabalhando para restabelecer os serviços afetados, e que assim que dispuser de novas informações, deve fazer um novo comunicado à imprensa, aos clientes e à opinião pública.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: