Petrobras anuncia novo recorde na produção de petróleo

Rio de Janeiro (ABr/CJbb) – A Petrobras bateu um novo recorde na produção nacional diária de petróleo, ao atingir, em junho, a extração média de 1 milhão 867 mil barris. O volume supera em 12,6 mil barris dia o recorde anterior obtido em dezembro do ano passado, quando a produção média diária havia sido de 1 milhão 855 mil barris.

O resultado é ainda 4,2% superior à média diária de produção registrada ao longo do ano passado e 0,7% superior à média diária registrada em maio deste ano.

Os dados foram divulgados hoje (3), em nota distribuída pela assessoria de imprensa da estatal, que atribuiu o novo recorde, principalmente, à entrada em operação de novos poços interligados às plataformas P-52 e P-54, instaladas no campo de Roncador, na Bacia de Campos, no norte do Rio de Janeiro.

Também contribuiu para o recorde a entrada em operação da plataforma de Piranema, localizada no mar de Sergipe, além do início de produção de novos poços nos campos de Albacora, Albacora Leste e Marlim, todos também na Bacia de Campos.

O resultado se deve, ainda, ao bom desempenho dos campos localizados em áreas maduras das regiões Norte, Nordeste e do Estado do Espírito Santo. “Esses campos, que apresentavam no passado uma produção declinante, têm alcançado resultados operacionais expressivos, graças ao esforço de revitalização realizado pela Petrobras”, ressalta a Petrobras.

Já a oferta de gás ao mercado brasileiro cresceu, no segundo trimestre do ano, 36%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo a nota da Petrobras, houve um aumento de 8,6 milhões de metros cúbicos por dia, na oferta de gás ao mercado, neste segundo trimestre, tendo sido disponibilizados 32,4 milhões de m3/dia, contra 23,8 milhões de m³/dia do mesmo período de 2007.

“Esse aumento é o resultado do bom desempenho da produção de gás no campo de Manati (BA) e do início de operação dos projetos previstos no Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás) – como Peroá Fase II, no Espírito Santo. Outro destaque foi a antecipação do aproveitamento de gás nas plataformas P-52 e P-54, localizadas no campo de Roncador, na Bacia de Campos”, justifica a empresa, na nota.

O Rio de Janeiro continua respondendo pela maior parte do petróleo produzido no país com uma extração total, proveniente da Bacia de Campos, de 1 milhão 511 mil e 312 mil barris.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: