União entrará com R$ 6 bi ao ano para garantir novo piso de professores até 2010

Brasília (ABr) – Municípios e estados não poderão alegar falta de recursos para o pagamento do piso salarial de R$ 950 para professores da rede pública, aprovado ontem pelo Senado.

A afirmação foi feita hoje (3) pelo ministro da Educação, Fernando Haddad. Segundo ele, a União vai complementar os salários que ainda não atingem o piso com verbas do Fundo da Educação Básica (Fundeb).

O aporte da União, via Fundeb, será de R$ 6 bilhões ao ano, até 2010, prazo para aplicação total do valor do piso. Pelo projeto, que agora vai à sanção presidencial, serão aplicados reajustes anuais, retroativos a janeiro de 2008.

“Nós estamos, por determinação da Constituição, aportando cada vez mais recursos para a educação básica. E foram estudos baseados no Fundeb que deram segurança ao Congresso Nacional de fixar um piso nesse patamar. A complementação da União é a garantia de sustentabilidade do piso”, defendeu Haddad.

Estados e municípios que hoje pagam menos de R$ 950 aos profissionais devem arcar com um terço dessa diferença ainda este ano. O piso nacional vale para professores ativos – professores, diretores e coordenadores pedagógicos – com carga de 40 horas semanais, sendo um terço de atividades extraclasse. Os aposentados também serão beneficiados.

Segundo estimativas do Ministério da Educação, pelo menos 40% dos professores em início de carreira, cerca de 800 mil profissionais, recebem menos do que R$ 950. Haddad espera que o novo teto atraia mais profissionais para a carreira de professor. “A qualidade da educação não se faz sem professor bem formado e bem remunerado. A nossa missão é garantir que a carreira do magistério seja atraente para jovens talentos”, indicou.

O ministro também destacou que algumas redes vão ter que “enxugar a máquina administrativa” e se reorganizar para pagar o novo piso, já que muitos profissionais são alocados em atividades fora de sala. “O servidor que está na escola ensinando é que precisa ser valorizado nesse momento”, opinou.

Anúncios

3 Comments

  1. JOAO ARNALDO DIAS
    Posted quarta-feira, 9, julho 2008 - at 10:17 am | Permalink

    GOSTARIA DE SABER COMO FICA O NOVO
    PISO SALARIAL PARA OS PROFESSORES QUE
    TEM 32 HORAS AULA.

  2. Posted sábado, 30, agosto 2008 - at 9:41 am | Permalink

    Ainda é muito pouco piso de r$ 950,00

  3. Ana Paula dos Santos
    Posted segunda-feira, 27, outubro 2008 - at 20:35 pm | Permalink

    Tenho certeza que com este incentivo salarial a motivação dos professores e demais profissionais vai
    aumentar.
    Sou uma professora de 40 h,CIEP. Infelismente nossa situação ainda não está definida,gostaria de saber como ficaria nosso piso com esta nova proposta ,uma vez que já trabalhamos com a carga horária sugerida.
    Obrigada.


Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: