Audiência pública vai debater ações que garantam a segurança de brasileiros na Guiana Francesa

[Foto]

As relações bilaterais entre o Brasil e a França na fronteira entre o Amapá e a Guiana Francesa serão debatidas em audiência pública conjunta da Comissão de Direitos Humanos (CDH) e da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) nesta terça-feira (8), às 14h30.

O objetivo é discutir ações políticas que garantam a saúde e a integridade física de brasileiros que trabalham na Guiana Francesa, de forma ilegal ou não, e que estariam sendo vítimas de violência naquele país, conforme o requerimento para a realização da audiência pública, de autoria do senador Papaléo Paes (PSDB-AP).

Foram convidados para a audiência pública o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim; o embaixador da França no Brasil, Antoine Pouillieute; o secretário especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo de Tarso Vannuchi; e o deputado Camilo Capiberibe, que preside a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Amapá.

“Historicamente, podemos dizer que há boa relação entre o Brasil e esse departamento ultramarino da França. Nos últimos tempos, no entanto, essa boa relação tem sofrido abalos devido a denúncias de violência contra cidadãos brasileiros que trabalham no lado francês. O caso mais recente é o que se refere à brasileira Nerize Dias de Oliveira, morta na Guiana Francesa quando era deportada para o Brasil”, explica Papaléo Paes no requerimento.

O senador pelo Amapá esclarece ainda que a audiência pública pretende incentivar a busca de soluções que garantam a convivência pacífica entre os brasileiros e os habitantes da Guiana.

Paulo Sérgio Vasco / Agência Senado

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: