Cristovam Buarque diz que piso nacional vai melhorar salário de 1,5 milhão de professores

Presidente Lula, entre o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o senador Cristovam Buarque, recebe dos presidentes do Senado, Garibaldi Alves Filho, e da Câmara, Arlindo Chinaglia, o projeto de lei que cria o Piso Salarial Nacional do Magistério Foto: Wilson Dias/ABr

Brasília (ABr/CJbb) – O senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ex-ministro da Educação, disse ontem (3) que o projeto que instituiu o piso nacional do magistério em R$ 950 para professores com carga horária de 40 horas semanais, aprovado anteontem (2) pelo Senado e entregue ontem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para sanção, vai melhor o salário de 1,5 milhão de professores de todo o Brasil.

Segundo ele, dos 2,6 milhões de professores 1,1 milhão já recebem mais do que esse valor.

O senador, autor do projeto ao qual foi apensado a proposta do Poder Executivo, disse que o piso “é uma grande conquista para os professores, e é a primeira vez que o Brasil cria um sistema para todos os professores”.

De acordo com o senador, hoje no país há o professor estadual e municipal, e que a partir de agora haverá “um ponto de ligação entre os 2,6 milhões de professores de todo o Brasil, que é o piso salarial nacional”.

“O importante é que se criou uma rede de professores no Brasil, que é o primeiro passo para uma federalização no futuro, por isso é tão importante”, acrescentou.

Cristovam afirmou, ainda, que a partir de agora os professores passam a fazer parte de uma categoria nacional.

Quanto ao aumento nas despesas dos municípios que terão agora que pagar no minimo R$ 950 para os professores com carga horária de 40 horas semanais, o senador disse que a medida não vai “quebrar” os municípios, porque “o Fundeb já aporta recursos, dinheiro federal”, para ajudar no pagamento do piso.

O senador Cristovam lembrou que ontem o Senado também aprovou um projeto que derruba o vício de tirar dinheiro da educação pela Desvinculação das Receitas da União (DRU).

Anúncios

4 Comments

  1. antonio ferraz
    Posted sexta-feira, 4, julho 2008 - at 11:37 am | Permalink

    só me tire um dúvida: sou professor municipal a 22 anos, na minha cidade só nos dão 20 horas; como fica o salário do professor?

  2. alencar
    Posted sexta-feira, 4, julho 2008 - at 18:17 pm | Permalink

    Simples, eles vao cortar seu salário pela metade.

    É uma forma que eles encontraram para fazer os professores ficarem enfiados na escola e não terem tempo para reclamar, fazer greve, etc.

  3. gilda maria da cruz
    Posted quinta-feira, 17, julho 2008 - at 19:14 pm | Permalink

    boa noite!!!!
    gostaria de saber se os professores aposentado do estado também entraria neste plano?
    obrigada gilda maria da cruz.
    porciuncula rj

  4. Adiel de Souza
    Posted segunda-feira, 28, julho 2008 - at 11:56 am | Permalink

    Como ficara o salarios dos professores aposentados em qual dos artigos assegura o recebimento para os municipios e estados que tem fundo de posentadoria proprio.


Post a Comment to antonio ferraz

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: