Diretora de Hemocentro atribui à campanhas bom índice de doações de sangue

Lourenço Canuto
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Distrito Federal tem um dos maiores índices de doação de sangue do país. São 100 mil pessoas cadastradas no Hemocentro de Brasília. A diretora do centro, Maria de Lourdes Brito, atribui isso às campanhas que foram feitas pela instituição nos últimos dez anos. Segundo ela, o trabalho conseguiu sensibilizar principalmente os jovens para a importância da doação de sangue.

Hoje (20), o Ministério da Saúde lança uma campanha para ampliar e tornar freqüente a doação de sangue no país. Segundo dados do ministério, no Brasil, apenas 1,8% da população adulta faz doações regulares de sangue, quando o ideal, conforme estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é que de 3 a 5% da população de cada país seja doadora.

Jaime Carlos de Araújo, de 25 anos, era um entre mais de uma dezena de voluntários que estavam na manhã deste sábado (19) no Hemocentro de Brasília. Ele foi doar sangue pela primeira vez e defendeu que tomou a iniciativa por acreditar que “todos têm de ser solidários para com as pessoas que necessitam de uma transfusão”.

Aldilene Cariri, de 38 anos, é outra voluntária que estava na sala de espera do centro. Ela conta que doar sangue é uma prática constante na vida dela e que busca o Hemocentro três vezes por ano. Aldilene acredita serem necessárias mais campanhas de conscientização para que as doações aumentem. “Eu venho aqui porque sei que tem muita gente que precisa muito de sangue para sobreviver”, explica.

A diretora do Hemocentro, Maria de Lourdes Brito, afirma que, nesta época do ano, o número de doadores cai por conta do período de férias e do clima seco. Ela lembra que cada doação pode beneficiar quatro pessoas. Lourdes Brito diz ainda que, desde a Constituição de 1988, é proibido o comércio do sangue no Brasil. Quando o hemocentro recebe um candidato a doador, faz exames para saber se ele tem saúde suficiente para a doação.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: