Lula diz que integração da América do Sul depende de gesto do Brasil

Morillo Carvalho
Repórter da Agência Brasil  

 
  Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu hoje (21) que a responsabilidade pela integração dos países da América do Sul é do Brasil. Para Lula, o país merece essa posição de destaque porque, no continente, é a nação que tem a economia mais forte, a mais industrializada, e a que tem o maior Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país).“É preciso que o Brasil cresça, se desenvolva e que os países vizinhos também cresçam e se desenvolvam, porque aí nós iremos criar um continente altamente desenvolvido com o povo tendo uma qualidade de vida extraordinária”, afirmou, em seu programa semanal de rádio Café com o Presidente.”A um país como o Brasil não interessa ser apenas um país grande, economicamente forte, com um monte de gente pobre do seu lado. É preciso que todos cresçam, que todos tenham condições de se desenvolver”, acrescentou Lula, ressaltando que esse papel de destaque do Brasil não deve ser confundido com a pretensão de o país tornar-se hegemônico.

“O que nós queremos é construir parcerias. Nós queremos convencer os nossos empresários de que eles não precisam apenas comprar as empresas dos outros países, que eles podem construir associações com os outros países e a gente [pode] fazer a economia crescer como um todo no continente.”.

O presidente ilustrou como essa integração deve ocorrer citando a rodovia que está sendo construída em parceria com a Bolívia, que será ligada à Rodovia Interoceânica, o que ligará o Brasil ao Oceano Pacífico.

Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: